sábado, 17 de novembro de 2012

QUEM DISSE QUE O DIABO QUER TIRAR VOÇE DA IGREJA?!

O DIABO E O REINO DOS CÉUS!
Desde o princípio o diabo almeja a posição de Deus querendo ser glorioso tal como Ele, o orgulho e a ganância levou ele à queda, pois sempre quis ser a imagem e a semelhança do próprio Deus, o Diabo veio ao mundo (terra) não porque ele escolheu aleatoriamente mas sabia que o homem tinha seu restante de vida e projetos aqui na terra. Agora peço atenção a você leitor, pois eu, você e todos nós temos a imagem e semelhança de Deus agora entendemos porque o mundo vive em tragédia, um verdadeiro caos. Mesmo que uma pessoa não tenha um encontro com Deus ela carrega uma marca de Deus, a marca da criação ela carrega a imagem do seu Criador, mas ela precisa ser registrada por esse Criador, como uma certidão de nascimento dai a importância do Batismo com o Espírito Santo, sendo assim, ela não apenas carrega uma marca do Criador ela passa ter o próprio Criador dentro de si.
Em contra partida o diabo conhece a criação de Deus e procura deixar a relação do homem para com Deus pior possível, pois sabe que dessa maneira a queda do homem é inevitável, ele quer deixar Deus a ponto de vomitar o homem como esta escrito em apocalipse 3.16 
Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca”. Hoje em dia o diabo e seus adeptos não veem mais vantagem em tirar uma pessoa da igreja e deixa-la no mundo das drogas ou na prostituição, pois sendo assim ela se tornará uma pessoa FRIA e muito menos que a pessoa esteja QUENTE isso quando ela vive a fé, seu propósito é deixar as pessoas MORNAS, o diabo na verdade quer deixar a pessoa dentro de uma igreja vivendo enganada, cega mergulhada em uma religiosidade fajuta, uma pessoa morna é aquela que vive em meio a dúvida, ela frequenta a igreja mas não professa a fé muito menos vive essa fé. Tenha cuidado não seja um MORNO na fé, ou é OITO ou OITENTA, ou VAI ou RACHA. Enfim, não seja um HIPÓCRITA NA FÉ!  


Na fé e na guerra, Caroline Benaia

Nenhum comentário: