domingo, 13 de janeiro de 2013

A cicatriz superficial e a cicatriz permanente

E lá vamos nós.. Eu no sofá assistindo domingo espetacular, vendo uma matéria sobre pessoas que modificaram seus corpos com piercings, tatoos, chifres, e até queimaduras na pele.
E foi ai que eu olhei para o meu braço, e vi uma cicatriz que eu tenho há uns 10, que não é lá muito grande, mas é bem visível, eu pensando de mim para mim:
" Será que quando eu ficar velinha essa cicatriz ainda vai estar tão visível assim?'" "Há, mas é claro que vai!" 
O machucado foi feio, nunca vou me esquecer da dor, e a cicatriz, vai sempre tratar de me lembrar do dia em que me feri.
Mas eu já caí milhões de vezes, afinal, que crianças não caem? Mas nem todas as quedas que eu me machuquei, que cortaram a pele, que saíram sangue, deixaram cicatriz.
Ai você deve estar pensando, e o que isso tem a ver com a minha vida espiritual?
Tudo a ver. Sempre que eu olho a cicatriz do braço, me lembro que jamais devo mexer com um cachorro enquanto ele come. Mas e as cicatrizes que eu fiz, mas depois que cicatrizaram sumiram? Nem me lembro o que eu fiz de errado para me machucar, logo, posso cometer o mesmo erro e me machucar de novo.
Haha, é assim na nossa vida com Deus. Muitas vezes passamos por lutas tão grandes, por situações tão tristes e difíceis, e muitas delas, nós mesmo nos levamos, sim ou claro? E essas experiências ficam marcadas na nossa mente, e sempre que estamos prestes a cometer os mesmos erros, nos lembramos do quanto difícil foi passar por tudo aquilo, são as cicatrizes, as cicatrizes permanentes.
E os pequenos erros que nós cometemos, passamos por situações difíceis, mas mesmo assim, vamos lá e cometemos de novo. E por que? Primeiro por que somos humanos, e segundo por que as cicatrizes foram superficiais, e sumiram. Infelizmente nós só aprendemos com a dor, com aquilo que nos marca.
Mas assim é a vida com Deus, assim é a vida, feita de experiências.

#EuOroTodosOsDiasPorVocês

Na fé e na guerra, Caroline Benaia




Nenhum comentário: