sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

O meu uniforme de obreira

Tadinho do bichinho, está todo surrado. Mas se formos parar para observar os escudos dos grandes guerreiros, veremos que nenhum esta intacto, todos estão arranhados, furados, riscados...
Essas são as marcas do campo de batalha.
E a marca dos dias que eu vou para o campo de batalha dar a vida pelo povo, é o surrado do meu uniforme.
Mas mesmo assim ele continua sendo lindo, a roupa mais linda do meu guarda roupa.
Mas e o seu joelho? será que ele têm marcas? Como assim? Machucados? Não necessariamente. Não fisicamente falando, mas espiritualmente, será que ele tem têm sido  gasto? O que você gasta mais?
Seus joelhos em oração, ou a sua língua para falar da vida dos outros, ou murmurar com Deus, perguntando por que, e como?
A nossa língua e nossa saliva, devem ser gastas, para falar do amor de Deus, e também, para falar com ele.
E o nosso joelho também, pois quando nos ajoelhamos ficamos na melhor, e na mais estratégica posição de guerra, pois aos olhos humanos, estamos numa posição vulnerável, mas é ai que Deus entra com o seu escudo, com a sua forte mão, e intercede em nosso favor.

Vamos lá, gastar o que realmente interessa? Eu sei que praticar nem sempre é fácil, mas valerá a pena.

#EuOroTodosOsdiasPorVocês



Na fé e na guerra, Caroline Benaia


Um comentário:

Pamela Araújo disse...

Tudo exige um sacrifício, mas realmente vale a pena fazer isto.