sábado, 30 de março de 2013

A caixinha de Deus

Talvez, você olhe para a sua vida, e diga: "Poxa, Deus se esqueceu de mim! não olha para mim! ele não quer mesmo me abençoar.!"
Antes de tudo, eu quero que você se pergunte:
Eu tenho feito a vontade de Deus? Porque se você não tem feito a vontade de Deus, você já sabe a resposta do porque Deus não olha para você, afinal, não adianta plantarmos o que é mau, e esperar que Deus, venha nos recompensar com boas dádivas, isso é enganar-se.
Agora se você tem feito, eu quero lhe contar uma pequena história... 
Quando eu cheguei na igreja, aos 12 anos, alguém, que eu sinceramente não me lembro quem, me disse que Deus era assim:
" Lá no céu Deus tem uma caixinha, que guarda tudo o que fazemos de bom. Todas as vezes que negamos o nosso eu, todas as vezes que fazemos o que O agrada, todas as vezes que ganhamos uma alma, ele coloca uma benção nessa caixinha, e guarda. Guarda para, no tempo certo, poder abrir essa caixinha, e despeja-la sobre as nossas vidas. Mas não adianta, tudo tem sua hora. Já viu um pai dar um carro para uma criança de 4 anos dirigir? Não? E por que não? Por que não é a hora, porque a criança não saberá o que fazer. Exatamente assim é Deus, vão haver mementos nos quais, vamos achar que Deus esta demorando, vão haver momentos, que achamos que somos maduros o suficiente para receber determinada benção, mas se estamos fazendo a vontade de Deus, e ainda não recebemos, é porque ainda não é hora, de Deus abrir a caixinha. Tenha paciência."
E talvez você diga: Parece que a vida do incrédulo, é mais abençoada que a minha, ou mesmo, a vida de muitos que estão na igreja, que não fazem a vontade de Deus, porém, estão muito mais a frente de mim...
Por isso que eu amo a bíblia, ela é um manual prático para as nossas vidas, olha o que Deus fala em Gálatas 4:23:
"Mas o da escrava nasceu segundo a carne, o da livre, mediante a promessa."
A bíblia se refere a Sara e Agar, Sara a esposa de Abrão, que já muito velha, não havia engravidado ainda, e se desesperou, e fez com que seu marido Abraão deitasse com a escrava Agar. Agar deu um filho a Abraão, e mais para frente, a promessa de Deus se cumpriu, e Sara, também teve um filho. OU seja, as duas tiveram filhos, mas o destino do filho que nasceu da promessa, e do filho que nasceu da carne, foram bem diferentes.
Talvez as pessoas até conquistem antes de você, mais saiba que quando você é abençoado por Deus, é completamente diferente e maravilhoso! É no tempo certo, é da maneira certa, e te fará o bem, agora quem conquista na carne....
Agora você entende o silêncio de Deus? E só para finalizar, esse maravilhoso versículo:
"Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas, ainda que esta viesse a esquecer-se dele, diz o Senhor-Eu todavia, não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei..." (Isaías 49:15-16) 


Na fé e na guerra, Caroline Benaia